sexta-feira, 9 de maio de 2014

Caldo Verde

Postado por: Marília

Sopa, para mim, é aconchego. Me remete ao calor do lar. Alimenta a alma... é revigorante!
Em noite frias de inverno então é perfeita!

(Num põe reparo na sobra da foto? Obrigadinha.)


O caldo verde é uma sopa típica portuguesa, sendo que lá é preparada com chouriço. Na minha versão, utilizei linguiça calabresa defumada. 

Numa panela, cozinhei 5 batatas médias - descascadas e cortadas em 4 partes -  em 1 litro de caldo de carne (ensinei aqui) até ficarem macias. 
Enquanto cozinhavam, lavei e piquei 1 maço de couve manteiga; piquei 1/2 cebola e 2 dentes de alho beeem miudinhos; fatiei 1/2 gomo de linguça calabresa - removi a película.
Uma vez que as batatas estavam cozidas, processei com um mixer, para obter um purê ralo. Reservei.
Numa frigideira ao fogo médio, fritei as fatias de calabresa em um fio de azeite. Quando começaram a dourar, acrescentei a cebola e refoguei por 2 minutinhos. Adicionei o alho e refoguei por mais 1 minutinho. 
Voltei a panela do purê de batatas ao fogo e juntei o refogado de linguiça.  Esperei ferver. Desliguei o fogo. Acrescentei a couve, acertei o sal, temperei com pimenta do reino moída e servi imediatamente, regado com um fio de azeite.
Perfeito!

Minhas considerações:

- Pode-se preparar este caldo com outros tipos de linguiça: calabresa fresca, portuguesa, paio, filomena... No caso das defumadas, atentar-se apenas para a remoção da película.

- A couve deve ser adicionada apenas no momento de servir. Ela oxida e escurece, o que deixa o caldo feio, com cara de comida velha.

- caso você ainda não tenha feito o caldo caseiro, nada impede que você use o de tablete.

- caso queira um acompanhamento, sugiro um bela broa de milho e uma taça de vinho. Bem à moda portuguesa!


Bom apetite!