domingo, 4 de maio de 2014

Glossário Gastronômico: Caldo (Fundo)

Postado por: Marília

Durante muito tempo pensei em preparar caldo em casa. Mas, por algum motivo que não sei qual, não o fiz. 
Dia desses ao fazer minhas comprinhas no mercado, trouxe arroz arbóreo para o risoto e resolvi que desta vez, o faria com um caldo artesanal. Sábia decisão. Realmente a história é bem outra...
Como não gosto de desperdiçar nada, sempre que compro alguma carne, vou congelando as aparas - para o preparo de uma sopa, por exemplo. Sendo assim decidi por fazer o caldo de carne.
Numa panela funda, selei as aparas até ficarem lindamente douradas. A partir daqui, fui acrescentando os legumes cortados em pedaços grandes: 1 alho, 1 cebola, 1 cenoura (com a casca), folhas de 1 alho poró, 2 talos de salsão (com as folhas), 6 talos de salsinha (aquela parte que a gente costuma jogar fora...), deixei tudo isso "fritar" junto com a carne por uns 5 minutinhos. Acrescentei 5 bolinhas de pimenta do reino, 1 folha grande de louro, 2 cravos-da-India e 2 litros de água filtrada. Tapei a panela, baixei o fogo no minimo e deixei tudo isso cozinhar lentamente por 2h. Esperei esfriar, coei e reservei para usar no dia seguinte. O que sobrou congelei para usar em outra ocasião.


tá vendo a "pegadinha" que deu no fundo da panela? É aí que está todo o sabor....



Minhas considerações:

- O caldo (ou fundo) caseiro é muito mais saboroso e saudável. Sem sódio nenhum...
- Não acrescentei sal;
- Há também caldos de vegetais, frango e já ouvi falar no de porco (utilizado na cozinha asiática);
- Posso afirmar que meu risotinho ficou show com o caldo de carne feito por mim. Que orgulho!

Bom apetite!