terça-feira, 18 de novembro de 2014

Arroz de carreteiro

Postado por: Marília




Este arroz é típico do Rio Grande do Sul e recebeu este nome por ser preparado pelos carreteiros (transportadores de cargas) durante suas viagens - isso muito antigamente... Consiste em arroz cozido com charque, alimentos resistentes à falta de refrigeração.

Fiz o meu arroz de carreteiro com os seguintes ingredientes:

500g de carne seca
2 xícaras de arroz
2 colheres (sopa) de banha de porco
1 cebola médica picada
1 dente de alho grande picado e sem o broto
1 folha de louro
Salsinha e cebolinha picadas á gosto
Água quente

Comecei na véspera, deixando a carne seca de molho em água na geladeira – troquei a água por 2 vezes, a fim de eliminar o excesso de sal.

No dia seguinte, escorri e piquei a carne em cubos. Numa panela de pressão bem quente, selei os pedaços de carne em um fio de óleo. Acrescentei a folha de louro e cobri com água quente. Tapei a panela e deixei cozinhar até que ficasse bem macia, em ponto de desfiar. Retirei carne da panela e reservei.  Como formou uma leve crostinha no fundo da panela, adicionei ali água quente a fim de soltar todos os sabores e utilizei essa água para cozinhar o arroz – mantive-a aquecida.

Numa panela funda, adicionei a banha do porco, a carne seca cozida e a cebola. Deixei tudo refogar bem e, durante esse processo, fui apertando a carne com a espátula, desfiando-a grosseiramente. Juntei o alho e deixei refogar mais um pouco. Juntei o arroz e deixei refogar até ficar levemente amarelado. Adicionei a água quente e deixei cozinhar pelos primeiros 10 minutos em panela destampada. Tampei e deixei concluir a cocção. Desliguei o fogo e deixei repousar por 10 minutos. Finalizei com salsinha e cebolinha picada.

Servi com salada de tomate, salsão e cebola roxa. Ficou ótimo!




Minhas considerações:

- Eu adoro comida de “uma panela só”. Os sabores se fundem e tudo fica delicioso!

-  Ótima opção para grandes famílias – rende super bem!

- Não precisei adicionar sal. A dica é provar depois que você acrescentar a água para cozinhar o arroz. Daí salga a teu gosto;


Se fizer me conta?


Ótimo apetite!