sábado, 28 de fevereiro de 2015

Frango à Kiev

Postado por: Marília



O frango à Kiev - em linguagem simples - é o filé de peito de frango recheado típico da Rússia e Ucrânia. Só posso te afirmar que é muito, muito saboroso!

A parte chata é que vai te exigir um pouco de habilidade com a faca -  ou que o açougueiro seja fofo e abra os filés finamente para você.

Vamos à receita?

1 peito de frango 
1 dente de alho picadinho
fatias de queijo tipo mussarela
sal à gosto
pimenta do reino preta à gosto
cebolinha verde picada
1 ovo
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de farinha de rosca
50g de queijo parmesão ralado
1 colher (café) de salsa desidratada
1 colher (café) de orégano desidratado

Comecei desossando o peito de frango e filetando finamente em corte borboleta. Assim ó:





Temperei com o alho, sal e pimenta do reino.
Numa das laterais acomodei as fatias de queijo e salpiquei com a cebolinha picada. Fechei com a outra  lateral, cuidando para que nenhum cantinho ficasse aberto e, principalmente colado carne com carne. Deixei descansar por 10 minutos.

Numa frigideira alta, coloquei óleo suficiente para cobrir os filés e levei para aquecer em fogo médio.

Enquanto isso preparei o empanamento que neste caso, será o completo.

Em um prato acomodei a farinha de trigo, em outro o ovo batido e num terceiro a mistura de farinha de rosca, queijo parmesão ralado, orégano e salsa.

Com cuidado, passei o filé primeiramente na farinha de trigo, depois no ovo e finalmente na farinha de rosca. 

Fritei um a um até ficarem lindamente dourados.

Deixei escorrer em papel absorvente.

Servi o quanto antes acompanhado de salada verde.

Delicioso!

Minhas considerações:

- Caso você não tenha habilidade com a faca peça para o açougueiro fazer a gentileza de filetar o peito de frango. Lembrando que a carne não deve ser rompida para que o recheio não vaze no momento da fritura;

- quanto mais fininho o filé melhor;

- quando rechear o frango é muito importante que, no momento de fechá-lo as carnes se encontrem. Com o tempo de repouso elas selarão o filé, de forma que não é necessário utilizar nenhum outro recurso. É só ter este cuidado;

- você pode substituir pelo queijo de sua preferência: brie, estepe, prato...

- em todas as etapas do empanamento, o filé deverá ser totalmente envolvido pelo ingrediente da vez. Isso garantirá aquela casquinha crocante que chia quando mordemos, sabe? 

- para garantir o óleo quente, utilizei o velho truque da vovó: o palito de fósforo. Infalível!



Se fizer me conta?


Beijo grande!



*** inspirado na receita da Carla Pernambuco no Canal Boca-a-Boca do You Tube.